Domingo, 12 de Julho de 2020

ESTUDO BÍBLICO #11 – DOMINGO, 12 DE JULHO DE 2020

TEMA: VINHO NOVO EM ODRES NOVO

Dr. William Soto Santiago

Sexta-feira, 7 de maio de 1999

José Cardel, La Antigua, Veracruz, México

Escritura base São Mateus 9:14-17

San João 2:1-12

1E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus.

2E foram também convidados Jesus e os seus discípulos para as bodas.

3E, faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.

4Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

5Sua mãe disse aos empregados: Fazei tudo quanto ele vos disser.

6E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas.

7Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima.

8E disse-lhes: Tirai agora e levai ao mestre-sala. E levaram.

9E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os empregados que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo.

10E disse-lhe: Todo homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então, o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.

11Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele.

12Depois disso; desceu a Cafarnaum, ele, e sua mãe, e seus irmãos, e seus discípulos, e ficaram ali não muitos dias.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 166

O único lugar provido de Deus para adorar

Shreveport, A., 28-11-65

Rev. William M. Branham

1485 – “Agora, eu estava ficando bastante velho e pensei: ‘Haverá outro avivamento, verei outro tempo?’ E só recordem, do oeste virá um cavaleiro em um cavalo branco. Cavalgaremos este caminho outra vez. Tão pronto quanto estivermos preparados. Vejam, é uma promessa”.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 92

O Quarto Selo

Rev. William M. Branham

800 – “E agora a nação está nas mãos desta mulher dominante — Jezabel. Mas recordem: Nos dias de Jezabel houve um que lhes cantou claro e lhes mostrou sua verdadeira cor. Então ele as junta sobre seu cavalo de cores mescladas. Está unindo a coisa e está toda mesclada com credos, denominações, doutrinas feitas pelo homem, correto? Desde pronto. É uma cor misturada, a cor misturada do cavalo amarelo, morte e mundanidade. Não há nada do Santo Sangue da Palavra. E dos quatro cantos do mundo são juntados para a guerra do Armagedon, assim diz a Bíblia. Agora, pensando neste cavalo de cores mescladas, amarelo enfermidade e mundano, isso é algo terrível. Mas notem que os estão juntando dos quatro cantos do mundo; os estão juntando agora mesmo para a batalha. A batalha será no Armagedon, segundo a Palavra de Deus. O lado oposto virá sobre seu cavalo amarelo, e o que vem em cima terá um nome: Morte. O anticristo foi a primeira denominação. Isso não pode ser o Espírito. Então vemos a Jezabel, uma prostituta à Palavra junto com suas filhas, as quais estão se juntando agora mesmo em uma unidade. / Agora, vendo Apocalipse capítulo 19, ele não somente está se preparando, mas que Cristo também está se preparando para encontrá-lo. Será uma batalha muito dura. Em Apocalipse 19, vemos que Cristo não está juntando os Seus dos quatro ângulos da Terra, porque haverá um remanescente pequeno; então o que está fazendo? Está juntando-os dos quatro ângulos do Céu. Amanhã veremos as almas sob o altar, e poderão ver se é assim ou não. Ele os está juntando dos quatro ângulos do Céu, e vem sobre um cavalo branco como a neve. / Os que vêm com Cristo, vêm também sobre cavalos brancos, e são chamados: ‘Escolhidos desde antes da fundação do mundo’. AMÉM! E, além disso, são fiéis à Palavra. AMÉM! Eu gosto disso. São chamados ‘escolhidos desde antes da fundação do mundo’, e logo são fiéis à Palavra por sua escolha; bem estimulados com vinho novo e azeite, vêm cavalgando, descendo para encontrá-lo. Eles sabem que os Trovões mostrarão isto muito em breve. / Aqui vemos a Vida e a Morte chegando a seu último encontro. O cavalo branco de Vida verdadeira e o cavalo amarelo de credos mesclados. A coisa está chegando a uma verdadeira batalha. / Agora, aqui vem Satanás pelos quatro ângulos da Terra, com os protestantes, os católicos e todos, marchando para a batalha do Armagedon. Bem. E por aqui vem Jesus, do Céu, com os Santos ressuscitados — A Palavra vindicada. Eu sempre disse: ‘Se Deus enviou alguém, Ele respaldará o que o tal disser. Se você for um embaixador celestial, todo o Céu o respaldará; e o Céu consiste da Palavra.

Então Ele vem com os Santos ressuscitados, vindicando que Sua Palavra é verdade. Satanás sabe que o abismo o espera. A morte vem sobre o cavalo amarelo e sobre os credos e denominações; ele os guiou a uma separação eterna de Deus. Cristo guiou Sua Igreja à glória na ressurreição. / Agora, já para terminar; para aqueles que não creem que o último mensageiro das eras da Igreja é também Elias o profeta, um homem ungido dessa maneira. Depois da morte desta última era da Igreja, seus cadáveres são destruídos por animais selvagens. Sabemos que é a verdade porque é o tipo da destruição de Jezabel. / Agora note bem: Jezabel foi morta por mandato de Deus. Deus fez que Jeú fosse e mandasse lançar Jezabel da janela (2ª Reis 9:30-37); e morreu, e os cães comeram sua carne. Correto? Essa foi a Jezabel literal. E Acabe; o rei, a cabeça de Jezabel, os cães também lamberam seu sangue, segundo a predição do primeiro Elias. Agora vê você onde vamos chegar? O primeiro Elias foi um homem rejeitado pelas igrejas. E Acabe e Jezabel foram a cabeça dessas igrejas; tinham a igreja e o Estado juntos. Elias revelou a Acabe seus pecados, e mandou que a igreja inteira se voltasse para a Palavra verdadeira. Isso exatamente deve fazer também o Elias do dia presente quando vem à igreja de hoje, restaurá-los outra vez à fé original. Não posso ver como vão escapar. Será para voltá-los à Palavra verdadeira. Correto”.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 91

O Quarto Selo

Rev. William M. Branham

788 – “Deus revelou a Moisés o que devia fazer: Moisés falou e aconteceu. Assim acontece quando na verdade vem de Deus. Agora, achamos que isto estimula e dá regozijo porque é a Palavra de Deus, e o vinho novo sempre estimula quando revela a Palavra. Então às vezes traz alegria sem medida. Vimos também como às vezes traz tanto regozijo, até tal ponto, que nos encontramos inundados. / Isso é o que realmente traz Vida, é a Palavra; e isso traz o regozijo do estímulo do vinho novo”.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 154

Os Ungidos do tempo final

Jeffersonville, Ind., 25-7-65

Rev. William M. Branham

1373 – “Eles tentam de colocar seus velhos vinhos luteranos, batistas, pentecostais em nossos odres novos. Não funcionará. E nosso vinho novo em seus odres velhos não funcionará. Se eles tentam de pôr este vinho novo na denominação, sua insensatez se torna manifesta. Eles não podem fazê-lo. O faz estourar”.

 

LIVRO DOS SELOS

O Quarto Selo – Pág. 240

Rev. William M. Branham

  1. O poder da revelação traz estímulo ao crente. O poder do vinho natural traz estímulo à pessoa que se sente toda derrotada; mas o poder da revelação da Palavra traz estímulo de regozijo para o crente, é estímulo de satisfação, estímulo de saber que é vindicado e provado. Isto é chamado nas Escrituras: o vinho novo, ou até melhor dizendo: vinho espiritual. Assim como o vinho natural estimula poder, o vinho novo faz o mesmo à medida que se revela a Palavra de Deus, a qual é Espírito. A Palavra mesma é Espírito. Vocês creem assim? Vamos ler em João capítulo 6, para que não vão por ali dizendo que alguém o disse. Vejamos quem o disse, então saberemos se é a verdade ou não.

O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida. João 6:63

  1. A mesma Palavra é Espírito, é o Espírito em forma de Palavra. Em seguida, quando é vivificada, o Espírito da Palavra começa a operar por atos. Como por exemplo isto: Um pensamento, primeiro é um pensamento antes de ser uma palavra; depois, quando esse pensamento é expresso, então é uma palavra. Agora, estes são os pensamentos de Deus que Ele pôs em forma de palavra; mas quando nós o recebemos d’Ele, se torna uma Palavra viva.
  2. Deus revelou a Moisés o que devia fazer: Moisés falou e aconteceu. Assim acontece quando na verdade vem de Deus. Agora, achamos que isto estimula e dá alegria porque é a Palavra de Deus, e o vinho novo sempre estimula quando revela a Palavra. Então às vezes traz alegria sem medida. Vimos também como às vezes traz tanto regozijo, até tal ponto, que nos encontramos inundados. Eu sei que existe muito fanatismo e gente manufaturada que têm estas coisas unicamente quando estão tocando a música. Eu creio nestas coisas, mas vi gente que enquanto está soando a música, estão saltando e gritando, mas quando cessa a música, eles também se calam.
  3. Isso estaria bem, se a pessoa vive decentemente; mas quando você começa a lhes apresentar a Palavra, e isso é o que traz vida — a Palavra — e a alegria do estímulo do vinho novo… E assim foi lá no Dia de Pentecoste quando a Palavra foi vindicada. Notem: Jesus lhes disse em Lucas 24:49:

E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até…

 

LIVRO DOS SELOS

O Quarto Selo – Pág. 242

Rev. William M. Branham

  1. E o vinho novo traz a revelação. Assim aconteceu no Dia de Pentecostes. Eles sabiam que devia haver um derramamento do Espírito e esperaram até que isto aconteceu; e quando chegou a vindicação da revelação, então também chegou o estímulo. E na verdade se encheram de fogo; pois saíram à rua depois de estarem atrás de portas trancadas, a pregar o Evangelho às pessoas a quem antes temiam. Correto. Algo tinha acontecido: A verdadeira Palavra da promessa tinha sido vindicada. Agora paremos aqui por um momentinho.
  2. Se isso produziu algo tão positivo que quase todos aqueles homens selaram seu testemunho com seu próprio sangue… Não importou o que lhes apresentou durante todo o tempo que viveram, nunca lhes apagou esta experiência; sempre tiveram isto vivo porque foi a verdadeira Palavra da promessa vindicada. A revelação foi vindicada e eles morreram, selando seus testemunhos com seu próprio sangue.

 

LIVRO DOS SELOS

O Quarto Selo – Pág. 269

Rev. William M. Branham

  1. 195. Então Ele tem escrito “VIDA”, e vem sobre um cavalo branco. E aqui está um homem com três poderes mesclados, chamado “Morte”, juntando seus súditos terrenos; mas Cristo está juntando Seus súditos que são nascidos do Céu. Este tem “Morte”, mas Cristo tem “Vida” escrito. Os que veem com Cristo, veem também sobre cavalos brancos, e são chamados: “Escolhidos desde antes da fundação do mundo”. AMÉM! E, além disso, são fiéis à Palavra. AMÉM! Eu gosto disso. São chamados

“escolhidos desde antes da fundação do mundo”, e em seguida são fiéis à Palavra por sua escolha; bem estimulados com vinho novo e azeite, veem cavalgando, descendo para encontrá-lo. Eles sabem que os Trovões mostrarão isto muito em breve.

 

LIVRO DOS SELOS

Perguntas e respostas – Pág. 394

Rev. William M. Branham

  1. Agora, o que é o que estimula à Igreja? A Revelação. Então o vinho novo seria… Notem bem: o azeite e o vinho estavam unidos no sacrifício, na adoração da Igreja; estavam juntos. Na concordância vemos uma longa lista de versículos onde o vinho e o azeite estão juntos na adoração.
  2. O azeite sempre é o Espírito Santo. Encontramos isso em Ezequiel e em outros lugares no Antigo Testamento e também em muitos lugares no Novo Testamento. Por que ungimos os doentes com azeite? Fazemos isso porque simboliza o derramamento do Espírito Santo sobre eles. Também: As virgens prudentes tiveram azeite, mas as fátuas não o tiveram. Isso é o Espírito.
  3. Então, se o azeite representa Deus e Deus é Espírito, Deus é a Palavra: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e aquele Verbo foi feito carne”. Isso foi Deus. Então, se a Palavra estiver aqui em uma forma natural, o vinho é então a água, a revelação que nos dá a interpretação da Palavra, a qual estimulao crente. Ficam alegres: “Eu nunca tinha visto isto antes. Oh, glória!”. O que é isso? O estímulo da revelação. (Eu também não sabia isso até o dia quando estive ali sentado estudando-o).
  4. 67. Então este azeite e vinho estiveram sob o ministério do cavalo negro, durante o tempo da Era do Obscurantismo, a terceira era da igreja. E notem que apenas restava muito pouco; mas foi dito que não o danificassem. Creio que se estudarem bem a mensagem sobre “O Terceiro Selo” encontrarão tudo isto em detalhes.

 

EXTRATO DO LIVRO: TODOS SEREMOS PROVADOS

PARA SERMOS ADOTADOS VOL. I – Pág. 18-20

Discernir a Palavra

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 11 de janeiro de 1976

Ponce, Porto Rico

Assim que nesta manhã Deus nos abençoe, Deus nos guarde, e nos ajude para sempre estarmos estimulados, sempre estarmos contentes como estamos; sempre estarmos estimulados com o Vinho novo, com a revelação (que é a que produz esse estímulo), e então seguir em frente.

Não tropeçar em nada, não decepcionar-se com nada, não desanimar-se por nada, a não ser sempre em frente; sabendo que nossos dias estão contados aqui na Terra, sabendo que não somos daqui da Terra, mas que somos de outra dimensão, mas que estamos em carne nestes dias aqui, por um tempo, até que chega nossa transformação.

Então, até isso, ao você sabê-lo e você saber que você é um dos que vai ser transformado e que está sendo transformado espiritualmente primeiro…; primeiro está sendo transformado espiritualmente, vê? Então, ao estar sendo transformado espiritualmente, em seguida será transformado fisicamente.

Ninguém será transformado fisicamente a não ser que primeiro seja transformado espiritualmente.

Assim que sabendo todas estas coisas, você, por mais luta, por mais problemas, por mais dificuldades que vierem a você como indivíduo, olhe para frente e você terá motivo para estar feliz, para estar regozijado, para estar estimulado.

Veja essa Palavra desta hora, veja esse Vinho novo e deixe que esse Vinho novo o estimule; porque isso produz esse estímulo espiritual para você não se sentir derrotado na vida.

Jó; note Jó: Jó perdeu tudo, mas não se sentiu derrotado; ele estava estimulado. E quando perdeu a sua família disse[1]: “Deus deu e Deus tirou”. Ele estava estimulado, vê você? E então depois que passou suas provas, a bênção foi maior que a que tinha perdido; não tinha perdido nenhuma, era que estava sendo provado.

E nós estamos sendo provados aqui; assim que você não vai perder nenhuma bênção, você o que está recebendo é mais bênção e mais bênção. E em seguida, quando estivermos lá, perceberemos por que tivemos que passar por tantas lutas, por tantos problemas, por tantas dificuldades. E você enquanto mais problemas e mais luta passar, é que maior é a bênção que Deus tem para você.

Assim que não esteja se queixando tanto, que é que o que vai receber é uma bênção, a pessoa que Deus tem uma bênção grande para ele, pois a prova é maior.

Veja você a prova de Jó, agora olhe a bênção. Olhe você as provas de São Paulo, agora olhe a bênção. Olhe você as provas do irmão Branham, agora olhe a bênção. Olhe você as pessoas que não tiveram provas, olhe você que bênção tiveram. Vê você?

Assim que você não esteja protestando pelas provas pelas quais você passa, mas: “Senhor, ajuda-me a passar por todas as provas sem rejeitar nenhuma! Senhor; ajuda-me porque Seu poder em minha fraqueza se aperfeiçoa[2]; porque quando sou fraco, então é que sou forte!”. Vê?

Assim que se coloque nas mãos do Senhor, para que o Senhor o ajude a passar por todas as provas; porque Ele disse[3]: “Quem quiser seguir após mim (o que?), tome sua cruz e siga-me – negue-se a si mesmo, e tome sua cruz, e siga-me”.

Assim que você não tem motivo para estar protestando, mas para dar graças ao Senhor que Deus tem algo para você: uma bênção grande; e Ele o está preparando para receber o que Ele tem para você.

Assim que você esteja estimulado ao saber as coisas que Deus revelou nesta hora, porque isso é o que produz esse estímulo, isso é o que produz esse regozijo: você saber o que Deus revelou.

 

O MELHOR VINHO RESERVADO PARA O FINAL

(Reunião de Ministros)

Dr. William Soto Santiago

Sábado, 8 de novembro de 2003

Desde a Florida a Loprado, Santiago do Chile

(Pregado desde o escritório)

Por isso é que é preciso colocar a água convertida em vinho, a revelação divina de cada era na alma de cada pessoa, para que tenha o estímulo desse vinho em suas vidas, e assim tenha o avivamento dentro de sua alma.

E a Igreja como Corpo Místico de crentes tem que ter esse avivamento dentro dela, e para isso necessita a Palavra prometida para sua era, em cada etapa de sua existência, para que Ela como Corpo Místico de crentes tenha o estímulo da Água convertida em Vinho.

Por isso é preciso colocar a Água convertida em Vinho, a Palavra de Deus, vindicada, tornada realidade; a Palavra prometida para a era em que lhe corresponda viver, convertida em vida, em… Tornada realidade, vindicada, vivificada; isso é a Palavra prometida cumprida. Dar essa Palavra revelada e prometida para esse tempo; dá-la ao povo, dá-la à Igreja de Jesus Cristo.

E, portanto, a Igreja tem esse estímulo, esse avivamento interior; e cada crente em Cristo nessa era recebe esse avivamento interior, recebe o estímulo do vinho da Palavra revelada para seu tempo.

Se um ministro puser suas próprias ideias, não vai produzir o estímulo correspondente a sua era, não vai ter o povo o avivamento interior correspondente ao seu tempo; porque para obter o Vinho do estímulo tem que ser por meio da Palavra prometida para seu tempo, revelada, sendo dada às pessoas.

Quando um ministro se põe a colocar suas próprias ideias; ou toma o tempo que corresponde a essa Palavra para ser dada ao povo, e o toma para se por a falar as pessoas suas próprias ideias, ou lhe dar uma interpretação do que ele pensa que é a Mensagem, o que está fazendo? Está interrompendo o Programa de Deus e está interrompendo a grande festa de recepção das Bodas de Cristo com cada indivíduo, o qual está na fase espiritual. Se interrompe nesta fase espiritual, não poderá estar na fase literal, que já vem muito em breve.

(…) Portanto, não podemos nem acrescentar nem tirar ao que Cristo nos revela para nosso tempo na forma estabelecida para vir toda revelação de Cristo a Sua Igreja.

Em cada era veio a revelação de Cristo a Sua Igreja por meio de Seu Espírito Santo através do mensageiro correspondente a cada era. Muitos que estiveram vivendo na era correspondente ao tempo em que Deus enviou cada mensageiro, acrescentaram ou tiraram em algumas coisas que Cristo revelou através do mensageiro. E o que fizeram? Danificaram o Vinho que Deus tinha dado para esse tempo, e não podia produzir o avivamento, o estímulo correspondente a esse tempo.

Mas os que mantiveram puro esse Vinho e o serviram assim a suas congregações, e o levaram por todos os lugares, as pessoas que receberam o estímulo do Espírito, o estímulo do Vinho que o Espírito Santo estava dando naquele tempo, e foram abençoados; e se encontram no Paraíso os que já partiram, e seus mensageiros também, e as pessoas que com esses mensageiros fielmente trabalharam na Obra de Cristo. Assim é para nosso tempo também.

“Toda revelação tem que vir sempre (diz o reverendo William Branham) por meio de um profeta, porque somente aos profetas chega a Palavra, a revelação divina”. E em nosso tempo toda revelação divina tem que vir na forma que Deus estabeleceu para este tempo final; e não podemos nem tirar nem acrescentar, mas que temos que aproveitar o tempo para que o que Deus nos deu passe a nossas congregações tal e como foi dado; porque Deus para este tempo nos deu câmeras para gravar todas as conferências em vídeo, nos deu gravadores, e assim por diante, para que a Palavra revelada para nosso tempo passe diretamente pelos ouvidos à alma das pessoas, e recebam o estímulo prometido para este tempo final.

Portanto, não nos convém tomar o tempo que corresponde à Palavra prometida sendo revelada, para nos colcoar a falar coisas ou dar nossas próprias ideias.

(…) E para este tempo final, vejam vocês, Cristo converte a Palavra prometida para nosso tempo, converte-a em uma realidade, a traz à vida, a cumprimento; e nos dá o estímulo do Vinho novo, da Palavra prometida para este tempo final. E assim estimula nossa alma e todo nosso ser; a nós como indivíduos e a todo o Corpo Místico de nosso amado Senhor Jesus Cristo. Dá a nós a Palavra prometida da Chuva Tardia; e converte a Água da Chuva Tardia, o ensinamento da Segunda Vinda de Cristo e as promessas da Segunda Vinda de Cristo, as promessas do Sétimo Selo, as converte-as em estímulo para nós; e nos vindica todas essas promessas.

E agora, encontramos que nós estamos vivendo no tempo final, aonde o melhor Vinho Cristo o deixou para este tempo final.

Impresso em Porto Rico

[1] Jó 1:21

[2] 2 Coríntios 12:9

[3] São Marcos 8:34