Sexta-Feira, 10 de setembro de 2021

ESTUDO BÍBLICO #132

SEXTA-FEIRA, 10 DE SETEMBRO DE 2021

TEMA: O SER HUMANO

DIANTE DA ENCRUZILHADA DA VIDA

Dr. William Soto Santiago

Quinta-feira, 25 de junho de 1998

Barranquilla, Atlântico, Colômbia

Escritura base: São Mateus 7:13-14

 

LIVRO DOS SELOS

A Brecha – Pág. 92

Rev. William M. Branham

150. Senhor Jesus, a hora é muito avançada e talvez pode ser muito mais tarde do que estamos pensando. Estamos contentes ao ver esta hora chegando. É a hora mais gloriosa que o mundo conheceu. Isso é para o crente; mas para quem rejeita, é o tempo mais triste, porque é impossível tirar letras do alfabeto para formar as palavras para expressar a calamidade e o pranto que os espera mais adiante. Nem tampouco há em nosso alfabeto como formar as palavras para expressar as bênçãos que estão no futuro para o crente. Pai, pode haver alguns aqui esta noite sem esperança alguma, e se forem seres com a capacidade de raciocinar inteligentemente, e se o Sangue ainda está sobre o Propiciatório, permita que o Cordeiro saia do Trono para entrar em seus corações esta noite e lhes revelar que estão perdidos, e com as mãos ensanguentadas o vejam e o ouçam dizer: “Veem enquanto ainda é tempo de vir”. Senhor, entrego esta mensagem junto com meu coração em Suas mãos. Faz o que quiser, Pai, no Nome de Jesus.

 

A VIDA, UM MILAGRE DE AMOR

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 2 de maio de 1982

Maturín, Monagas, Venezuela

Encontramos que todos os problemas têm uma solução. Encontramos que sempre há uma saída para todas as encruzilhadas onde se encontre o ser humano. Estamos vivendo aqui na Terra todos juntos; o problema de um afeta aos demais.

Agora (não concluí o que estava falando de Noé), o problema que teria que vir sobre a humanidade afetaria Noé e sua família, mas Deus deu a solução para esse problema; e ele anunciou, tanto o problema que haveria de vir como a solução também; e ali estava expressando-se através de Noé o amor divino.

(…) Isso é o que realmente nós necessitamos: deixar que se expresse o amor em todas nossas obras terrenas, porque então realmente Deus estará se movendo no meio de todos nós e através de cada um de nós. E então, se a vida é um milagre de amor, a vida vivida por você será um milagre de amor já expresso, será a expressão do amor.

Nisso nós devemos tomar cuidado para que assim seja, de tal maneira que tudo o que fazemos e em tudo o que nos movemos possamos ver o amor manifestado. Não fazer nada por luta, por ciúme; não fazer nada por ira ou com ira, mas em amor; assim chegaremos à meta que temos, e assim a meta de Deus para com os que vivem nesta Terra será completada.

(…) Agora, muitas pessoas ou algumas pessoas ignorantes, algumas pessoas que sofrem aqui na Terra, dizem: “Eu sofro tanto aqui na Terra que já não me importa nada. Sofro tanto aqui na Terra e tenho tantos problemas que não me importa nada, não me importa o ir para o inferno”. Mas olhe, se você sofre tanto aqui na Terra, que não é tão mau como o inferno, como será no inferno?

Assim que você então parece que não está cansado de sofrer, porque se com o que sofre aqui na Terra depois não importa nada ir para lá (lá no inferno, que é tão mau)… Melhor, a pessoa deve ser sábia, entendida e dizer: “Eu estou cansado de tanto sofrer, de tanto lutar, e queria um descanso em algum tempo; e onde unicamente haverá descanso e paz e felicidade será no Reino de Deus, pois se viverá por toda a eternidade. Portanto, eu quero ter uma esperança; quero, então, com fé genuína crer na Palavra de Deus; porque, mesmo que sofra muito aqui, não quero ir para o inferno, onde se sofrerá mais. Já estou cansado de sofrer aqui, quero ir para o Céu, quero ir para o Paraíso, quero ir para um lugar onde haja paz, onde haja felicidade, onde tudo o que haja seja amor divino manifestado”.

Essa é a maneira correta para o ser humano pensar. E quem mais sofre, pois, deve pensar, com mais razão, nessa forma, porque o que deseja é que terminem seus sofrimentos, seus problemas; e a única maneira será tendo parte no Plano que Deus tem para o tempo em que vivemos, para que depois tenha parte na eternidade; porque suas obras que faz aqui na Terra, com eles seguirão.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 171

Comunhão

Tucson, Ariz., 12-12-65

Rev. William M. Branham

1539 – “Vocês sabem, a hora em breve aparecerá quando entre nós estará… O Espírito Santo falará claro, como fez com Ananias e Safira. Essa hora está chegando. Só recordem isso! Deus vai morar entre Seu povo”.

 

O MISTÉRIO DA ORIENTAÇÃO DIVINA

(Reunião de ministros)

Dr. William Soto Santiago

Sábado, 1 de novembro de 1997

Santiago do Chile, Chile

“… E disse: ‘por que não posso ver Jesus?’

Disse: ‘Algum dia Ele virá, e virá a ti primeiro e você será julgado. Estas pessoas são seus convertidos que guiaste’.

Disse: ‘E por ser um líder tenho que ser julgado? (Surpreendeu-lhe essas palavras que lhe foram ditas, que tinha que ser julgado. E isso não deve lhes surpreender vocês tampouco)”.

O irmão Branham disse: “‘E por ser um líder tenho que ser julgado?’

Respondeu: ‘Sim’.

Então disse: ‘Todo líder tem que ser julgado desta maneira?’

Respondeu: ‘Sim’.

Perguntei:‘E São Paulo?’

Disse: ‘Ele terá que ser julgado com os seus’ (Ou seja não somente julgado o mensageiro, mas seu povo também: ele terá que ser julgado com os seus)”.

(…) Vimos que haverá um juízo para todos os que foram os mensageiros de cada etapa, e serão julgados com o grupo da sua era; e aí, se saírem bem, regressarão à Terra em corpos eternos; se não saírem bem, pois não regressarão. E se algum do grupo, de alguma era não sai bem, pois o mensageiro não o pode trazer para cá. Assim vejam vocês como será esse juízo para eles.

E para nós como será, nós estando aqui na Terra? Porque o juízo começa por onde? Pela Casa de Deus. Esse é um juízo na Casa de Deus para os das eras passadas e para os que vivemos aqui na Terra.

Assim ao final do nosso trabalho veremos — nesse juízo que Ele nos fará — se entraremos ou não entraremos. Por isso seja cada um cuidadoso; porque a Escritura diz, São Paulo diz, que a obra de cada um vai ser provada, e o fogo fará a prova; e diz que a obra de alguns vai ser queimada1.

Assim que vocês têm que estar conscientes desta realidade, e trabalhar na Obra de Cristo com amor divino e com reverência, com respeito e com santidade na Obra do Senhor, conscientes de que não estamos trabalhando para qualquer pessoa aqui da Terra, mas para Deus; e Ele espera um comportamento correto da parte de todos nós; que não nos metamos em problemas ou busquemos problemas, mas que trabalhemos sendo fiéis a Cristo e a Sua Obra no tempo em que nos corresponde viver.

E sempre evitando fazer coisas que sejam de tropeço para a Igreja do Senhor.

Nunca pensando como qualquer pessoa pode pensar: “Quem tropece, que tropece”. Isso é uma atitude e pensamento irresponsável; pelo qual terá que dar conta a Deus.

Não podemos ser pedras de tropeço, mas de bênção para todos os filhos e filhas de Deus; nos ajudando sempre em tudo, e sabendo que no final do caminho, no final do nosso trabalho, e no final do trabalho da Obra de Cristo neste Último Dia, na Era da Pedra Angular, vem essa partezinha, onde os que estão no Paraíso, os mensageiros com seu grupo, serão julgados, e nós também aqui na Terra.

Antes de entrar vai ser isso; porque depois que já estivermos no corpo teofânico e corpo físico eterno, já será o juízo da repartição de galardões (ou seja que já não será um juízo para se vamos entrar ou não vamos entrar). Mas antes de entrar no novo corpo, algo vai estar acontecendo. Porque se para os que estão no Paraíso, que já estão lá, e que se sabe que têm seus corpos teofânicos, vão passar por um juízo, o mensageiro com seu grupo vai passar por um juízo, Jesus Cristo vai julgar cada um deles, quanto mais nós que estamos aqui ainda na Terra trabalhando em Sua Obra!

E o juízo começa por onde? Pela Casa de Deus. E depois continuará para o mundo o juízo da grande tribulação.

Assim que antes de cair o juízo divino sobre a humanidade na grande tribulação, saibam que os mensageiros com seu grupo vão ser julgados; os que estão no Paraíso e nós aqui também na Terra.

Portanto, tenhamos tudo bem acertado, bem em ordem, para que quando chegar esse momento tenhamos feito a Obra que Deus nos deu para fazer e apresentemos boas contas ante Cristo.

Recordem que Ele julga nosso coração. Assim que ninguém poderá dizer: “Não, é que eu fiz isto por isso e por isso”. Ele sabe por que fizemos cada coisa que fizemos em Sua Obra. Assim não terá Ele necessidade de que você diga por que fez, porque Ele o vê no coração; e conforme à intenção do seu coração em tudo o que você fez em sua vida aqui, e em seu trabalho ministerial, é que Cristo vai julgar você e a mim também.

Assim que todos vamos passar por essa etapa. E meu melhor conselho é que estejam como? Preparados. E trabalhemos com amor divino, sempre orando ao nosso Senhor e consagrando nossas vidas a Cristo, e mantendo nosso lar em ordem, amando as nossas esposas, e as tratando com delicadeza, falando com palavras corretas, as tratando bem (como se deve tratar a esposa); e evitando problemas com nossas esposas, com nossa família; porque no final do caminho Cristo nos vai chamar a juízo, e em guerra avisada dizem que não morre gente.

Assim que não creia que pode pular e saltar, e depois sair com a sua. Isso não é assim. Ele no final do caminho nos chamará a juízo, e aí vamos responder por tudo o que fizemos.

É como nos supermercados, que qualquer pessoa pode dizer…, vai com seu carrinho e pode dizer: “Não estão me olhando, vou agarrar isto (e o joga no carrinho; e olhe…). Não estão me olhando, vou agarrar isto outro”, continua colocando em seu carrinho; e quando vai sair, pois lá está o caixa, para que você pague por tudo o que você tomou.

Se você, por quanto tinha livre-arbítrio, vejam vocês, você tirou de tudo o que ali estava; mas no final tem que passar pelo caixa, e aí vão cobrar até o último centavo; não perdoam nem um centavo.

É, vamos dizer, 99 dólares com 99 centavos; ou 99 dólares com 1 centavo. Tem que procurar o centavo para pagar esse centavo, porque o caixa não vai deixar, a que está ali no caixa, porque você não tenha o centavo.

Assim vejam vocês que temos uma responsabilidade diante de Cristo. Ele é quem vai julgar, e vamos estar ali, vamos estar ali para esse momento. E a coisa é que antes de sermos transformados vem esse momentinho, até onde eu estive vendo; porque também vem para os que estão no Paraíso antes de receberem o corpo eterno.

Assim que se eles têm que passar por essa etapa, quanto mais nós que estamos aqui! Para poder ter a mudança de corpo. Assim que estejam preparados para esse momento.

Meu desejo é que todos recebam o novo corpo; e todas suas congregações, e todas as pessoas em suas congregações, recebam o novo corpo também; pois não estou trabalhando para que depois as pessoas fiquem aqui sem o novo corpo. Estou trabalhando na Obra de Cristo para esse propósito: para a transformação dos nossos corpos; para isso me enviou Cristo a vocês: para trazer a Palavra e dar todo o conselho divino para neste Último Dia sermos transformados e ir à Ceia das Bodas do Cordeiro.

Assim que eu estou da parte de todos vocês para que tenham o corpo novo; mas recordem: façam conforme a Palavra, sigam o conselho da Palavra de Deus. Não pulem e saltem, e depois estarem esperando um novo corpo. Mantenham-se fiéis a Cristo e Sua Palavra. E recordem o que Deus falou pelos Seus profetas e apóstolos, e pelos mensageiros; isso também é para nosso tempo.

Assim mantenham-se fiéis a Cristo e apartem-se de tudo o que seja desagradável a Deus. E todas as coisas que desagradam a Deus estão escritas aí na Bíblia. vocês assegurem bem seu futuro, vocês assegurem bem tudo, de modo que saiam todos bem nesse momento que vai vir.

Agora, como vai se desenvolver tudo? Eu não sei. Mas uma coisa eu sei, e é o que disse Deus por meio do nosso irmão Branham: que regressarão os dias de Ananias e Safira. E isso se não é o juízo de Deus começando pela Sua Casa, não sei então o que é o juízo de Deus.

Assim que recordem: chegará um momento em que isso estará se repetindo em uma escala maior. E tudo o que vimos lá no tempo dos apóstolos, tanto de São Pedro e os outros apóstolos, e São Paulo, todo esse juízo divino que vimos manifestado parcialmente no tempo dos apóstolos e dos sete anjos mensageiros, e no tempo de Jesus, e no tempo dos profetas do Antigo Testamento, todo isso retorna para este tempo final. E começa por onde? Pela Casa de Deus.

Vejam como também os filhos de Arão morreram pelo juízo divino. Onde estavam? Na Casa de Deus.

Assim temos que estar atentos para que não nos tome de surpresa e alguém vá estar na linha do juízo divino para receber o juízo divino. Melhor, estejamos com nossas faltas e pecados lavados no Sangue de Cristo, e assim justificados e santificados por Cristo neste Último Dia, de modo que não se encontre em nós nem sequer a lembrança do pecado. E caminhando conforme Sua vontade.

São Paulo diz: “Quem mentia, não minta mais”; e quem fazia qualquer outra coisa má, pois não a faça mais; e vivam vidas justas e santas ante a presença do Senhor. Chegará o momento em que não haverá oportunidade para lavar nossas faltas e pecados; e já, daí em diante, o juízo de Deus é o que espera a toda pessoa.

Assim estejam alertas, porque de um momento a outro isso vai acontecer.

Quando o Cordeiro sair do Trono de Intercessão já não haverá lugar para dizer: “Senhor, me perdoe isto ou isto outro”. Já não há oportunidade. Desde aí em diante cada um receberá o juízo divino conforme seus atos. E o que não tenha lavados seus pecados antes de que isso ocorra, pois os terá; não haverá onde lavá-los.

É como uma pessoa que tem sua roupa suja e diz: “Vou lavá-la, vou levar à lavanderia”; mas espera muito e quando diz: “vou levar já, este é o momento que eu tinha para levá-la”; e quando chega, está fechada. Ficou com a roupa suja; já não há oportunidade para nada.

E isso está muito perto. Em breve acontecerá isso, e já não haverá mais oportunidade. Assim estejamos preparados, como diz a Escritura, para assim sermos transformados neste Dia Último.

Impresso em Porto Rico

1 Corintios 3:13-15

Descargar archivos

  • pdf
    File size: 179 KB Downloads: 90
  • pdf
    File size: 566 KB Downloads: 1005