Domingo, 23 de janeiro de 2022

ESTUDO BÍBLICO #171

DOMINGO, 23 DE JANEIRO DE 2022

TEMA: O MISTÉRIO DAS BODAS DO CORDEIRO

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 21 de dezembro de 1997

Austin, Texas, Estados Unidos

Escritura base: Apocalipse 19:7-10

 

O FILHO DA MÃO DIREITA

VI Encontro Juvenil Latino-americano e Caribenho

Os Jovens do Futuro na Era do Amor Divino”

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 25 de fevereiro de 1996

(Segunda atividade)

Santiago do Chile, Chile

(Tomo 54)

E agora chegamos ao tempo onde essa Bênção da Primogenitura dada a Efraim será vista manifestada na Igreja do Senhor Jesus Cristo, no último ministério que Cristo, o herdeiro de todas as coisas, o herdeiro da Bênção da Primogenitura…, o qual a passou, como a passou Jacó, passou à Sua Igreja gentia, representada em Efraim.

Agora, é no meio da Igreja gentia que a Bênção da Primogenitura será vista no Último Dia manifestada, mesmo que sempre esteve aí; mas será manifestada em toda sua plenitude, para assim os filhos e filhas de Deus, que foram redimidos pelo Sangue de Jesus Cristo, que são os Primogênitos escritos no Céu, no Livro da Vida do Cordeiro, receberão sua ressurreição, os pertencentes às eras passadas e alguns dos nossos que partiram; e os que estamos vivos seremos transformados.

Porque a Bênção da Primogenitura, a bênção de quem está à mão direita, a tem a Igreja do Senhor Jesus Cristo todo o tempo, desde que nasceu até este Último Dia, onde é falada essa bênção contida no Livro que estava selado no Céu com sete selos; porque a Bênção da Primogenitura vem da Mão direita de Deus, está contida nesse Livro que está na Mão direita de Deus.

E é aberto esse Livro no Último Dia, e é trazido à Igreja do Senhor Jesus Cristo por nosso amado Senhor Jesus Cristo; e é entregue à Sua Igreja através do ministério que tem a Igreja do Senhor Jesus Cristo no Último Dia, que é o ministério do Anjo do Senhor Jesus Cristo.

(…) Agora, aqui quando João o vê no Dia do Senhor, quando já as eras passaram, diz [Apocalipse 1:16]:

“… e seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece.

E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra.”

E essa é a Destra onde está a Bênção da Primogenitura. E Ele coloca Sua Destra aqui sobre João; e João representa a Igreja do Senhor Jesus Cristo no Último Dia, no Dia do Senhor, onde coloca Jesus Cristo o ministério do Seu Anjo Mensageiro da Dispensação do Reino.

Assim que a Destra de Cristo é colocada sobre Sua Igreja, a qual estará sob o ministério de Cristo através do Seu Anjo Mensageiro. E aí podemos ver o Filho da Destra, o Filho sobre o qual Jesus Cristo coloca Sua Mão direita para abençoa-lo.

Abençoando Seu Anjo, estará abençoando toda Sua Igreja no Último Dia. Por isso é que em Apocalipse, capítulo 10, que é o mesmo, Cristo como Leão desce do Céu com Seu rosto como o sol, com o Livrinho aberto em Sua mão, e clama como quando um leão ruge, porque vem como o Leão e não como um Cordeiro, e sete trovões emitem suas vozes.

(…) Agora, vamos ver aqui algo:

“E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra.”

E Jacó pôs sua mão direita sobre Efraim. E agora Cristo coloca Sua Mão direita — que traz o Livro dos Sete Selos — sobre Sua Igreja, ao colocar Seu Livro dos Sete Selos sobre João, que representa o Anjo do Senhor Jesus Cristo e a toda a Igreja do Senhor Jesus Cristo no Último Dia.

Agora vejam como aqui, quando Cristo pôs Sua Mão direita sobre João, depois, em Apocalipse 10, quando deu o Livro dos Sete Selos, aí está colocando Sua Mão direita sobre João, que é tipo e figura da Igreja do Senhor Jesus Cristo sob o ministério do Anjo do Senhor Jesus Cristo.

Sempre vem ao ministério colocado por Cristo, a Palavra; sempre é ao ministério que Deus colocou em cada tempo, que vem a bênção de Cristo à Sua Igreja.

E agora, no Último Dia, podemos ver como vem a bênção de Cristo à Sua Igreja, essa Bênção da Primogenitura, esse Título de Propriedade: vem por meio do ministério que Cristo colocou em Sua Igreja no Último Dia, que é o ministério do Seu Anjo Mensageiro, do mensageiro da Dispensação do Reino e da Era da Pedra Angular.

 

O MISTÉRIO DA ORIENTAÇÃO DIVINA

(Reunião de Ministros)

Dr. William Soto Santiago

Sábado, 1 de novembro de 1997

Santiago do Chile, Chile

Vimos que haverá um juízo para todos os que foram os mensageiros de cada etapa, e serão julgados com o grupo da sua era; e aí, se saírem bem, regressarão à Terra em corpos eternos; se não saírem bem, pois não regressarão. E se algum do grupo de alguma era não sai bem, pois o mensageiro não o pode trazer para cá. Assim vocês vejam como será esse juízo para eles.

E para nós como será, estando nós aqui na Terra? Porque o juízo começa por onde? Pela Casa de Deus. Esse é um juízo na Casa de Deus para os das eras passadas e para os que vivemos aqui na Terra.

Assim no final de nosso trabalho veremos — nesse juízo que Ele nos fará — se entraremos ou não entraremos. Por isso seja cada um cuidadoso; porque a Escritura diz, São Paulo diz, que a obra de cada um vai ser provada, e o fogo fará a prova; e diz que a obra de alguns vai ser queimada1.

Assim que vocês têm que estar conscientes desta realidade, e trabalhar na Obra de Cristo com amor divino e com reverência, com respeito e com santidade na Obra do Senhor, conscientes de que não estamos trabalhando para qualquer pessoa aqui da Terra, mas para Deus; e Ele espera um comportamento correto da parte de todos nós; que não nos metamos em problemas ou procuremos problemas, mas sim trabalhemos sendo fiéis a Cristo e à Sua Obra no tempo em que nos corresponde viver.

E sempre evitando fazer coisas que sejam de tropeço para a Igreja do Senhor. Nunca pensando como qualquer pessoa pode pensar: “Quem tropece, que tropece”. Isso é uma atitude e pensamento irresponsável; pelo qual terá que dar conta a Deus.

Não podemos ser pedras de tropeço, mas de bênção, para todos os filhos e filhas de Deus; nos ajudando sempre em tudo, e sabendo que no final do caminho, no final do nosso trabalho, e no final do trabalho da Obra de Cristo neste Último Dia, na Era da Pedra Angular, vem essa partezinha, onde os que estão no Paraíso, os mensageiros com seu grupo, serão julgados, e nós também aqui na Terra.

 

O MISTÉRIO DA ARCA DO PACTO APLICADO

AO ÚLTIMO DIA

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 14 de dezembro de 1997

Cayey, Porto Rico

Vejam vocês, Moisés, que era o homem mais humilde de todo o povo, nesse momento se encheu de ira; e todas as coisas boas que tinha feito não valeram para Deus perdoar essa falha. E por essa causa não pôde entrar na terra prometida no corpo de carne.

Em seu corpo teofânico sim entrou; vocês o encontram depois no Monte da Transfiguração no meio do povo hebreu; mas em seu corpo de carne não pôde entrar, não pôde passar ao outro lado do Jordão; mesmo que no território em que o profeta Moisés morreu pertence ao povo hebreu, pertence às tribos que tomaram herança antes de cruzar o Jordão; ou seja no território que conquistaram antes de passar ao outro lado do Jordão, que foram as tribos de Rubem e de Manassés.

E agora, vejam vocês, como a pessoa não pode irar-se, porque a ira ocasiona graves erros e problemas para a pessoa diante de Deus. Vocês encontrarão, através da história bíblica, que toda pessoa que serviu a Deus e se irou para realizar a Obra de Deus, e a fez com ira: teve problemas diante de Deus. Um exemplo é o profeta Moisés

Agora, vejam vocês, através da história bíblica, como toda pessoa que serve a Deus tem que fazê-lo com todo seu coração, com amor, expressando até no trabalho que fizer na Obra de Deus, expressando amor a Deus.

Porque está servindo a Deus com todas suas forças, nos trabalhos que está fazendo a favor da Obra de Deus; e está servindo a Deus com todo seu espírito e com toda sua mente, fazendo as coisas com entendimento, as fazendo bem feitas; e as está fazendo também em espírito, e as está fazendo também com toda sua alma. Ou seja, com corpo, espírito e alma atuando, trabalhando na Obra de Deus, e com amor divino.

A ira não produz bons frutos para as pessoas que se deixam levar pela ira; e depois, no final do caminho, perdem toda a bênção que tinham, isso aconteceu a muitas pessoas através da história.

(…) Agora, vejam vocês, como temos que atuar: com amor divino e com sinceridade no Programa Divino, nos amando uns aos outros como disse Jesus Cristo.

Ele disse: “Amai-vos uns aos outros”. São João também disse, ele disse: “Nisto conhecereis que são verdadeiramente meus discípulos: em que vos ameis os uns aos outros”2. Não podemos estar com nossos irmãos contendendo [brigando], porque isso desagrada a Deus.

(…) Não estamos para estar guerreando uns com os outros, ministros com ministros, ou irmãos contra irmãos; mas, estarmos em harmonia, em amor divino, nos ajudando uns com os outros; e recebendo a Palavra, e também levando a Palavra, a Mensagem, a outras pessoas.

Agora, vejam vocês, como a Obra de Deus é preciso fazê-la em e com amor divino; não com ira. Quem atuar com ira se verá no final do caminho mau, porque sua obra não será agradável diante de Deus, e será queimada; e a pessoa terá problemas diante de Deus.

Agora, se for um predestinado, um eleito, se sujeitará ao mensageiro do seu tempo. E se não se sujeita, pois então dará testemunho — com essa ação — de que não tem seu nome na seção do Livro da Vida do Cordeiro; e corre o risco de que seu nome seja apagado, porque está na outra seção: na seção do Livro da Vida, de onde podem ser apagados alguns nomes; e o mensageiro pois não o vai reconhecer como parte do seu grupo. Isso é assim para as sete eras da Igreja gentia e para nossa era também.

 

A VOZ DO SINAL

Dr. William Soto Santiago

Sexta-feira, 5 de junho de 2015

Cayey, Porto Rico

Transcorreram diferentes eras, onde Cristo por meio do Seu Espírito esteve cortando essas pedras vivas, esses crentes que formariam a Igreja do Senhor Jesus Cristo; cada qual, cada um, na era que o corresponde.

Transcorreram já sete etapas da Igreja gentia ou entre os gentios, e agora nos encontramos na etapa da Pedra Angular; onde Ele corta por meio do Seu Espírito as pedras vivas que formarão essa etapa da Igreja, a etapa da Pedra Angular, que é a etapa mais importante de todas as eras, de todas as etapas, porque é a etapa que coroa e com a qual coroa Cristo à Sua Igreja.

Essa é a etapa que nos corresponde viver. Essa é a etapa para a qual está a promessa de uma Terceira Etapa que tem que ser manifestada em uma Grande Carpa Catedral. Portanto, o sinal das maravilhas que acontecerão nessa manifestação da Terceira Etapa, da parte de Deus em toda Sua plenitude, terá uma Voz: que é a Mensagem Final de Deus, que são os Sete Trovões, a Voz de Cristo falando como Leão da tribo de Judá à Sua Igreja, e dando assim a fé para serem transformados e levados com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

É nessa etapa onde a Igreja do Senhor Jesus Cristo receberá a revelação da Segunda Vinda de Cristo à Sua Igreja. Essa é a etapa paralela à Primeira Vinda de Cristo.

Essa etapa é a mais gloriosa de todas as etapas da Igreja do Senhor Jesus Cristo, porque é a etapa onde a Igreja receberá a fé para ir com Ele à Ceia das Bodas do Cordeiro.

É a etapa na qual Cristo virá em Sua Segunda Vinda e se manifestará em toda Sua plenitude. Portanto, é a etapa mais gloriosa de todas as etapas da Igreja do Senhor Jesus Cristo. E é um grande privilégio viver no tempo correspondente a essa etapa da Igreja do Senhor Jesus Cristo, onde Ele cumprirá todas as promessas que fez à Sua Igreja.

Temos grandes promessas nas Escrituras, para serem cumpridas neste tempo final.

Está prometido que Cristo se manifestará em toda Sua plenitude no meio da Sua Igreja, e os judeus o vão conhecer. Aqui, na página 41, parágrafo 189 deste folheto ou mensagem “A Festa das Trombetas”, pregada em 19 de julho de1964, diz:

“Isto será a trombeta, a festa foi rejeitada; então seu Messias será revelado. Note, eles (ou seja, os judeus) conhecerão seu Messias quando o virem. Ele vem em poder esta vez, que eles buscaram; Ele vem em poder para a Noiva gentia, e os judeus vão reconhecê-lo”.

Ou seja, que a manifestação de Cristo no Último Dia, no cumprimento dessa Terceira Etapa, onde Ele vai se manifestar em toda Sua plenitude no cumprimento da Visão da Carpa, os judeus vão ver essa manifestação e vão dizer: “Mas este é quem nós estamos esperando!”.

Israel está esperando a Vinda do Messias; e a Igreja do Senhor Jesus Cristo também está esperando a Vinda do Senhor. Por quanto a Igreja do Senhor Jesus Cristo está no Novo Pacto, o qual está vigente, é à Igreja que Ele virá neste tempo final.

Impresso em Porto Rico

1 1 Corintios 3:13-15

2 São João 13:34-35