Sexta-Feira, 2 de outubro de 2020

ESTUDO BÍBLICO #34 – SEXTA-FEIRA, 2 DE OUTUBRO DE 2020

TEMA: A ÚNICA VOZ DE DEUS

Dr. William Soto Santiago

Terça-feira, 4 de maio de 1999

Oaxaca do Juárez, Oaxaca, México

Escrituras base: Êxodo 23:20-23 e Apocalipse 22:16

LIVRO DAS ERAS

A Era de Esmirna – Pág. 169

Rev. William Marrion Branham

  1. Agregam aqui ou tiram lá, e dentro de pouco tempo a Mensagem já não é pura e o avivamento morre. Quanto cuidado devemos ter de ouvir UMA Voz, porque o Espírito somente tem uma Voz, a qual é a Voz de Deus. Paulo advertiu que dissessem o que ele disse; como também o fez Pedro. Ele advertiu que nem mesmo ele (Paulo) podia mudar uma só palavra do que tinha dado por revelação. Oh, quão importante é ouvir a Voz de Deus por meio dos Seus mensageiros, e em seguida dizer o que foi dado para as Iglesias!

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 48

Revelação Capítulo 4

Jeffersonville, Ind., 31-12-60

Rev. William Marrion Branham

414 – “Há um grande estremecimento entre os escolhidos. Uma coisa grande e poderosa está ocorrendo, mas o mundo nada sabe a respeito. / E assim mesmo é o Evangelho hoje: Grande! E o Evangelho está estremecendo como nunca antes o fez, mas está estremecendo no remanente. Isso é correto, preparando-os. / ‘E olhei e eis aqui uma porta estava aberta no céu, e a primeira voz que ouvi era a voz como de uma trombeta…’ / A Voz era a mesma Voz que andava nos sete castiçais de ouro; a mesma Voz, a Voz não mudou. / Agora, depois que Ele mostrou todo esse mistério dos sete castiçais de ouro (que tinha as sete estrelas, e uma peruca branca posta, e demais, e pés semelhantes ao bronze, e olhos como fogo, os símbolos), então ouviu a mesma Voz (observem) que falava do Céu”.

 

FIQUE COM A PALAVRA – Parte VII – Pág. 15

Uma vez mais

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 7 de dezembro de 1986

Cayey, Porto Rico

Vimos que somente haverá uma voz: a Voz de Deus, a Voz do Céu, a Voz que João disse: “E quando o ouvi, era a voz como de trombeta”; porque a Voz do Céu no fim do tempo será a Voz como de Trombeta, a Voz da Trombeta Final, a Voz da Mensagem da Trombeta do Ano do Jubileu, a Grande Voz de Trombeta para todos os escolhidos.

E todos então dizemos: “Eu quero ouvir uma vez mais a Voz do Céu, a Grande Voz de Trombeta, a Trombeta Final que nos prepara para nossa transformação”.

Nenhuma outra voz poderá realizar o que nós necessitamos. Por isso temos que nos agarrar bem da Voz do Céu, e não deixar que nenhuma outra voz chegue ao nosso coração, a não ser a Voz do Céu. Não deixar que nada contrário a essa Voz possa tirar nosso ouvido e nosso coração da Voz do Céu, da Voz de Deus, que uma vez mais, na Terra, foi prometido que estará sendo escutada; mas será a Voz do Céu uma vez mais.

E todos dizemos: “Eu quero ouvir essa Voz: a Voz do Céu, a Voz de Deus, para ver o que João viu”.

Quando João olhou, subiu e olhou, viu um Templo, um Trono, e nós veremos o Trono do Senhor Jesus Cristo, e veremos também o lugar que Ele disse[1]: “Ao que vencer, eu lhe darei que se sente comigo em meu Trono”. Estaremos vendo todas essas coisas aqui, estando na Terra, mas no Templo do Senhor Jesus Cristo.

Tudo isso, a Voz do Céu disse a João como a nós[2]: “Sobe aqui, e eu te mostrarei todas as coisas que hão de ser depois destas”. Depois das eras da Igreja, tudo o que vai acontecer, está prometido ser revelado por essa Voz do Céu, ou por essa Voz como de Trombeta.

Assim que se queremos conhecer bem as coisas do Céu, as coisas que hão de acontecer e as que estiverem acontecendo; só uma Voz prometeu nos revelar essas coisas. Garanta-se bem com essa Voz, agarre-se bem dessa Voz, ponha seu coração e seu ouvido atento a essa Voz; porque será a única Voz do Céu nos dias finais.

 

FIQUE COM A PALAVRA – Parte XI – Pág. 51

A única Voz de Deus

(Reunião de ministros)

Dr. William Soto Santiago

Segunda-feira, 4 de fevereiro de 2002

Cali, Colômbia

O segredo para manter o avivamento em uma era é manter a Mensagem pura, que Deus, que Cristo deu ao mensageiro. Se os ministros começam a dar de sua própria interpretação, o que acontece? Morre o avivamento, porque Deus somente respalda Sua Palavra; a Voz única de Deus é a que Deus respalda; e essa é a Voz de Cristo através do mensageiro em cada era.

Como podemos manter o avivamento de nossa era, sendo que o avivamento de nossa era vem por meio da Voz dos Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10, verso 1 ao 11, revelando o mistério do Sétimo Selo? Pois mantendo pura a Mensagem; a qual foi gravada em vídeos, está em fitas magnéticas e está também impressa em folhetos. E isso mantém a Mensagem pura.

Para toda pessoa que quiser recebê-la pura, a escuta em gravações e vê também, e escuta nos vídeos, e também lê, e tem a bênção de poder ler e poder escutar, e tem a bem-aventurança: “Bem-aventurado o que lê, e os que ouvem as palavras da profecia deste livro”[3]. E assim se mantém pura a Mensagem e se mantém o avivamento por tempo indefinido.

Agora podemos ver por que Deus nos deu as câmeras e as imprensas: para que se mantenha pura a Mensagem, a única Voz de Deus, e se mantenha o avivamento do Último Dia na Igreja de Jesus Cristo na Era da Pedra Angular.

Quando alguém se coloca a acrescentar ou tirar, a dar sua própria interpretação, e comunica à sua congregação, recordem: o avivamento nessa congregação se vai; e o culpado, quem será? O ministro; e terá que dar contas a Deus depois; porque não é somente dizer: “Me equivoquei, sinto muito”; vai sentir bem sentido quando Cristo lhe pedir contas.

Por isso mantenha a Palavra pura, e se manterá o avivamento em sua congregação, e se manterá o avivamento no Corpo Místico de Cristo na Era da Pedra Angular.

Vejam vocês, os que tentaram por sua conta conseguir revelação divina, vejam, o que aconteceu com eles? Converteram-se em nada. Mas vejam, ao manter a Palavra pura em nossas congregações e, consequentemente, em nossa era, o avivamento continua crescendo.

Como cresce um avivamento? Pois à medida que Deus chama mais pessoas, o avivamento passa a outras pessoas; e assim vai crescendo o avivamento; e nunca minguará enquanto mantivermos a Palavra pura da nossa era, em nossa era e em nossas congregações.

Quando as pessoas fazem uma denominação, diz o reverendo William Branham: “Aí morrem” [4]. Até aí chegou, não somente o grupo, mas o ministro, o qual depois terá que dar contas a Deus.

Portanto, toda pessoa tem que se cuidar disso, porque é mortal para a Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Agora, podemos ver que nós estando no tempo mais glorioso de todos os tempos, temos que nos manter escutando a única Voz de Deus; para o qual Deus nos permitiu conhecer qual é a única Voz de Deus: é a Voz do Anjo do Senhor, de Jesus Cristo nosso Salvador, o qual esteve falando de era em era por meio do mensageiro de cada era.

E para este tempo final, diz[5]: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas nas Igrejas”.

Essa Mensagem dando testemunho destas coisas é a única Voz de Deus, porque é a Voz de Jesus Cristo em Espírito Santo falando à Sua Igreja no Último dia através do Seu Anjo Mensageiro, e revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

Portanto, mantenhamos em nossa alma e em nossas congregações, e no coração de cada crente, a única Voz de Deus; para que assim, escutando a única Voz de Deus, todos sejamos preparados, amadureçamos para sermos transformados e levados com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

O benefício é para todos nós. Portanto: “Se ouvires hoje Sua Voz (a única Voz de Deus) não endureças seu coração”[6], como fez o povo hebreu lá no deserto e como fez através das eras quando o mensageiro partiu: deixaram de escutar a única Voz de Deus e escutaram suas próprias vozes, e se denominacionalizaram; e aí morreu cada era. Essa foi a forma em que morreu cada era.

Agora, as sete eras já terminaram, já morreram, morreram seus mensageiros, e essas eras também morreram espiritualmente; mas há uma era que está viva: a Era da Pedra Angular, porque tem a única Voz de Deus, a Voz de Cristo, o Anjo do Pacto, o Espírito Santo nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer.

E Ele continuará falando e nós escutando; e assim nos manteremos vivos espiritualmente, e se manterá viva nossa congregação, e se manterá viva nossa era na qual Deus nos colocou.

A ÚNICA VOZ DE DEUS: Essa é uma Voz viva, a qual está assinalada para o Último dia como a Grande Voz de Trombeta. É a Voz de Trombeta, a Voz de Arcanjo, é a Voz de Cristo, o Anjo do Pacto no Último Dia, nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

Assim é como chegaremos à nossa transformação: escutando a única Voz de Deus, a qual é uma Voz viva, que nos fala e nos revela todas estas coisas que em breve devem acontecer.

Não é uma voz humana, mas uma Voz do Céu: a Voz de Cristo desde o Céu nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final; mas tem que usar um homem, um mensageiro, para transmitir Sua Mensagem a Sua Igreja, para poder ser escutado por Sua Igreja e por cada membro da Sua Igreja.

“A ÚNICA VOZ DE DEUS”.

Se estivéssemos na sétima era, a única Voz de Deus para a sétima era, era a Voz de Cristo através do sétimo anjo mensageiro, veem? Mas agora estamos na Era da Pedra Angular, onde Ele tem Sua Voz nos falando e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer.

Agora, nós não rejeitamos nem desprezamos o que Cristo falou por meio dos Seus anjos mensageiros e os apóstolos das eras passadas: tudo isso é recolhido, toda essa revelação passada é recolhida no Último Dia, e colocada (onde?) na era correspondente ao nosso tempo.

E é aberta toda Palavra que foi falada e que não tinha sido aberta ao público; que não tinha sido aberto o significado dessa Palavra que foi falada pelos mensageiros; os apóstolos e os anjos mensageiros, ou os profetas do Antigo Testamento, ou por Jesus; e é aberta neste tempo e é revelado o significado a todos nós. E tudo isto, na Voz verdadeira de Deus para hoje. Aí estará tudo o que nós necessitamos entender para receber a fé para sermos transformados e raptados, para recebermos a fé de rapto e para ir com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

Tudo está nessa Palavra criadora de Deus para nosso tempo, que é a única Voz de Deus, a Voz de Cristo, o Anjo do Pacto, nos falando neste tempo final todas estas coisas que em breve devem acontecer, conforme Ele prometeu.

Mas tem que vir essa Voz do Espírito Santo por meio de um instrumento que Ele prometeu para este tempo final; e esse instrumento é o Anjo do Senhor Jesus Cristo. Cristo disse: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas nas Igrejas”.

Impresso em Porto Rico

[1] Apocalipse 3:21

[2] Apocalipse 4:1

[3] Apocalipse 1:3

[4] SPN65-0718M “Tratando de fazer um serviço a Deus sem ser a vontade de Deus”, pág. 25, par. 137 – Citações, Pág. 150, Par. 1342

[5] Apocalipse 22:16

[6] Salmos 95:7-8; Hebreus 3:15, 4:7