Domingo, 6 de dezembro de 2020

ESTUDO BÍBLICO #53

DOMINGO, 6 DE DEZEMBRO DE 2020

TEMA: O ANJO FORTE NO TEMPO DO FIM

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 5 de abril de 1998

(Segunda atividade)

Cayey, Porto Rico

Escritura base: Apocalipse 10:1-11

A VISÃO DA GRANDE CARPA CATEDRAL – VOL. IV

Pág. 154-155

Onde está hoje o Anjo que revelou a João o Apocalipse?

Dr. William Soto Santiago

Quinta-feira, 13 de maio de 1999

(Segunda atividade)

As Choapas, Veracruz, México

(…) E agora, vejamos o que estará acontecendo neste tempo final. Na página 22 do livro de Citações diz, no parágrafo 176 (que é um extrato de “Perguntas e respostas” do livro dos Hebreus, Núm. 3), diz:

176 – “E ali estão essas duas testemunhas. E quando eles atormentarem o mundo com suas pregações (ou seja: pregando os juízos divinos que virão), e reunirem outra vez os judeus, trazendo-os para arrependimento, trazendo-os outra vez para que creiam… Quando virem Jesus Cristo vindo pela Noiva, eles dirão: ‘Olhai, este é o Deus a quem esperávamos. Este é Ele!’ Mas Ele não vem por eles, vem por Sua Noiva”.

E como vem por Sua Noiva? Vem como o Anjo Forte que desce do Céu; e vem velando-se e se revelando em carne humana em Seu Anjo Mensageiro no Último Dia, e se manifestando por meio do Seu Anjo Mensageiro, e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final; e chamando e juntando os escolhidos, e nos preparando para sermos transformados e raptados, para sermos adotados.

E quando Cristo adotar Seu Anjo, e em seguida também adotará todos nós, o povo hebreu verá essa manifestação; porque quando estiver adotado o Anjo de Jesus Cristo, então é que vão acontecer grandes maravilhas e milagres. E se cumprirá a Visão da Carpa literalmente nesse tempo, com grandes maravilhas e milagres; e estremecerá o mundo inteiro, e o povo hebreu também, e o cristianismo completo. Porque a Terceira Etapa, que é a etapa do cumprimento da Visão da Carpa, que é a etapa do cumprimento do Sétimo Selo, da Segunda Vinda de Cristo, corresponde ao Último Dia, quando formos adotados por Cristo e obtivemos nosso novo corpo.

 

LIVRO DAS ERAS

A Visão de Patmos – Pág. 48

Rev. William M. Branham

40. Quão comovedora e inspiradora foi a aparição de Jesus a João, quem estava banido por causa da Palavra. E eis aqui, a Palavra viva agora estava diante dele! Que visão tão iluminadora! Porque todo atributo descritivo tem uma significação. Que revelação do Seu glorioso Ser!

41. 1. Seu cabelo tão branco como a neve. João notou n’Ele, e mencionou primeiro a brancura de Seu cabelo. Era branco e brilhante como a neve. Isto não foi por causa da Sua idade. Oh, não. O cabelo resplandecentemente branco não significa idade, mas experiência, maturidade e sabedoria. O Ser Eterno não faz aniversário. O que é o tempo para Deus? Tempo significa muito pouco para Deus, mas sabedoria significa muito. É como quando Salomão rogou a Deus por sabedoria para julgar o povo de Israel. Agora, Ele vem, o Juiz de toda a Terra. Ele será coroado com sabedoria. Isso é o que significa o cabelo branco e resplandecente. (…)

42. Ali está. Daniel o viu com aquele cabelo branco. Ele era o Juiz que abria os livros e julgava com eles. Daniel viu que vinha nas nuvens. Isso é exatamente o que viu João. Ambos viram exatamente igual. Eles viram o Juiz com Seu cinto de juízo ao redor dos seus ombros, puro e santo, cheio de sabedoria, completamente apto para julgar o mundo em justiça. Aleluia!

43. Até o mundo entende este simbolismo, porque em tempos passados o juiz chegava e convocava a corte, estando vestido com uma peruca branca e um manto comprido que significava completa autoridade (um manto do pescoço até os pés) para dar justiça.

 

A VISÃO DA GRANDE CARPA CATEDRAL – VOL. I

Pág. 296-297

A restauração de todas as coisas

Dr. William Soto Santiago

Sábado, 25 de novembro de 2006

Osasco, São Paulo, Brasil

Portanto, na parte física corresponde à Igreja do Senhor do tempo da restauração de todas as coisas. Não vai aparecer São Paulo construindo uma carpa [tenda] gigante para que se cumpra aí; nem o segundo anjo mensageiro, nem o terceiro, nem o quarto, nem o quinto. Não vai aparecer Lutero construindo uma carpa grande com seu grupo, para dizer: “Isso foi o que o reverendo William Branham viu”. Já o tempo de Lutero passou. O reverendo William Branham estava vendo para o futuro. Não estava vendo em seu tempo, estava vendo para futuro. Ele já estava em outra dimensão; e viu atividades se realizando; e não eram atividades dele, nem era uma carpa dele. Ele viu as coisas acontecendo e os milagres acontecendo, e, no entanto ele não estava ministrando. Mas o Anjo disse que ele vai estar ali.

Se os sete anjos das sete eras vieram e se encontraram com ele… Ou seria que os sete anjos das sete Igrejas vieram para se encontrar com quem era diferente?

E o subiu onde ele estava com os outros anjos, para esta reunião que — como resultado — teria um efeito importante no leste, onde ele foi pregar os Selos; o qual assinala que, para o Último Dia, o que acontecerá no oeste terá um impacto grande no leste, em Israel.

Diz o reverendo William Branham que o Anjo Forte que desce do Céu é o Mensageiro a Israel. Então é quem? O Espírito Santo, Cristo em Seu corpo angelical, o Anjo do Pacto. Mas diz: “Mas Ele vem por Sua Igreja, por Sua Noiva”. E diz que quando eles, os judeus, o virem vindo por Sua Igreja, dirão: “Este é o que nós estamos esperando”.

Então, onde o verão manifestado? No meio da Igreja. Isso é na Terceira Etapa que o reverendo William Branham viu. Por isso foi proibido ir a Israel, porque não era o tempo ainda. Não era o tempo na sétima era. Nem a brecha que houve entre a sétima era e a Era da Pedra Angular, também não era o tempo para ir a Israel.

O tempo para Israel é na Era da Pedra Angular, no tempo ou os tempos para a restauração de todas as coisas, para a restauração de Israel; ser restaurado Israel com as doze tribos, ser restaurado o Reino de Davi ou Reino de Deus na Terra, em Israel, ser restaurado o Trono de Davi com um Rei sobre Israel e sobre todas as nações.

 

LIVRO DOS SELOS

O Sétimo Selo – Pág. 466

Rev. William M. Branham

144. Agora, por quê? Prossigamos a prová-lo: Este é o segredo que ninguém conhece. A João foi proibido escrevê-lo e até de conhecer um símbolo. Por quê? Aqui está: Não havia nenhuma atividade no Céu, porque de outra maneira poderia revelar o segredo. Agora o veem? Se étão tremendo, pois tem que ser incluído, porque tem que acontecer; mas quando soaram os Sete Trovões… Agora notem bem: Quando vieram os sete anjos para tocar suas trombetas, então houve um trovão; quando Israel foi juntado, houve uma trombeta; quando o tempo não será mais, então será a última trombeta, um trovão. Mas aqui temos sete trovões, um após o outro: um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete — um número perfeito. Sete trovões, um após o outro, soaram assim rapidamente: um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, mas sem que se entendesse. Logo, os Céus não puderam escrever, porque não o conhecem. Nenhuma outra coisa também não o conhece, porque não há no que se basear, é um tempo de repouso. Foi tão tremendo que até aos anjos não foi revelado. Agora, por quê? Se Satanás conseguisse conhecer isto, talvez faria grande dano. E essa é uma coisa que ele não sabe. Ele pode interpretar o que quiser e personificar qualquer dom (oxalá estejam aprendendo), mas ele não pode conhecer isto, porque nem está escrito na Palavra. É um segredo por completo. Os anjos e todos se calaram. Se eles tivessem feito algum movimento, talvez isso tivesse servido para revelar algo; por isso se calaram e não se moveram.

145. Sete é o número perfeito de Deus, e houve estes sete trovões consecutivos um após o outro. Estes sete trovões soaram assim rapidamente, como se estivessem soletrando algo. Agora notem, pois, que nesse tempo João começou a escrever e foi dito: “Não o escreva”. Jesus nunca falou disto; João não o podia escrever; os anjos não sabiam nada disto. Então, o que é? É aquilo do qual disse Jesus que nem os anjos no Céu o conheciam, nem Jesus mesmo o conhecia; porque Ele disse que somente Deus o conhecia. Mas nos disse que quando começássemos a ver estes sinais aparecer… Agora estão entendendo melhor? Podemos ver os sinais.

 

LIVRO DOS SELOS

A Brecha – Pág. 74

Rev. William M. Branham

83. Agora, no versículo 2 está o Anjo Forte pregando em alta voz: “Quem é digno?”. Agora, digno do que? Digno de tomar esse Livro. Onde está o Livro? Está com seu dono original porque foi trocado pelo primeiro filho de Deus na linhagem humana. Quando ele trocou seus direitos por ouvir melhor a Satanás, o que fez? Aceitou a sabedoria de Satanás ao invés da Palavra de Deus. Aqui sim poderíamos nos deter um bom momento. Os filhos de Deus tomarão uma ideia que sai do seminário ao invés da Palavra de Deus, igual como fez Adão. Ele trocou seus direitos. E quando ele fez isto, tudo voltou diretamente para trás. Não pode ver você onde esteve todo este tempo durante as eras? Voltou diretamente para dono original. E agora João no espírito, parado no Céu, acaba de ser levantado de entre as eras da Igreja; no capítulo 4 foi levantado porque foi dito: “Sobe aqui, porque vou te mostrar as coisas que virão”. E ele viu um sentado sobre o Trono com este Libero na mão direita. Pense bem. Em seguida neste Livro estava o título da redenção e estava selado com sete selos. Em seguida veio um Anjo Forte pregando em alta voz: “Quem é digno de abrir o Livro e de tomá-lo? Quem é digno de abrir este Livro e desatar os selos?”. Vê você? João viu estas coisas e o Anjo fez essa pergunta: “Quem é digno? Deixem que ele…”. Oh, irmão! Pode ser que simplesmente me sinto desta maneira, mas o Anjo disse: “Deixem que ele…” Aqui está o Livro da Redenção, aqui está o plano da redenção, aqui está a única maneira em que você alguma vez poderá ser redimido, porque aqui está o título da redenção dos Céus e da Terra. “Deixem que alguém se apresente, se quiser; que agora fale ou para sempre fique calado; deixem que se apresente para reclamar este Livro. Quem é digno de fazê-lo?”

84. Então João diz que não houve homem no Céu digno de fazê-lo; também não houve digno sobre a Terra, nem entre os que estavam debaixo da terra (os que tinham morrido) não houve nenhum digno. Não foi achado nenhum digno. A chamada do Anjo era para que se apresentasse o Redentor semelhante. Deus disse: “Eu tenho uma lei por meio da qual um redentor semelhante pode ser um substituto; agora, onde está este Redentor semelhante?”. Quem tinha a capacidade de tomar o Livro? Então desde Adão, através de todos os profetas e apóstolos, não houve ninguém achado digno. Isso é algo muito tremendo. Não houve ninguém no Céu, nem sobre a Terra, nenhum dentre os que tinham vivido antes. Ali estava Elias, Moisés, e todos os apóstolos, e todos os que tinham morrido; estavam todos os homens Santos como Jó, e os sábios. Todos estavam presentes e ninguém era digno nem mesmo de olhar o Livro, muito menos de tomá-lo e romper os selos. Agora onde está o papa e os demais? Onde está o bispo? Onde está nosso mérito? Nós somos nada.

 

LIVRO DOS SELOS

O Quarto Selo – Pág. 237

Rev. William M. Branham

21. Há sete Selos que selam este Livro. Agora, depois que estes sete Selos são completados, achamos em Apocalipse capítulo 10, que há sete trovões misteriosos que João ia escrever, mas foi proibido escrevê-los. No tempo desses Trovões achamos Cristo ou ao Anjo Forte descendo com o arco íris sobre Sua cabeça, e pondo Seus pés sobre a terra e o mar, e jurando que o tempo se acabaria nesse tempo.

22. Em seguida encontramos na revelação dos Selos que o Cordeiro tinha deixado Sua Obra de Mediador como Intercessor, e tinha vindo para reclamar Seus direitos — tudo o que tinha redimido por Sua morte.

 

A IGREJA FAZENDO HISTÓRIA EM SUA TRAJETÓRIA

(Reunião de Ministros)

Dr. William Soto Santiago

Terça-feira, 7 de novembro de 2000

Talcahuano, Chile

E agora, podemos ver que João quis adorar o Anjo que lhe mostrou todas estas coisas; e temos este Anjo do Senhor Jesus Cristo enviado por Jesus Cristo, com a revelação de Jesus Cristo, para dar a João a revelação apocalíptica, que contém todas as coisas que hão de acontecer.

Por isso esse é um livro profético; por isso diz: “Bem-aventurado quem guarda as palavras da profecia deste livro”, porque é um livro profético; a profecia – as palavras da profecia deste livro.

Ou seja: que são palavras proféticas contidas neste livro, as quais Deus deu por meio do Arcanjo Gabriel a João. Diz Apocalipse, capítulo 1, versículo 1 ao 3:

“Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou e as notificou a João, seu servo,

o qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto.

Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.

Aqui temos as palavras ditas: “Bem-aventurado o que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia”. Veem? É um livro profético dado pelo Arcanjo Gabriel ao apóstolo São João; porque esse Anjo Gabriel ou Arcanjo Gabriel (que significa ‘Varão de Deus’), encontramos que é quem tem acesso ao Livro da Verdade; por isso a Daniel disse: “Eu te mostrarei (o Arcanjo Gabriel disse a Daniel)… Eu te mostrarei as coisas que estão no Livro da Verdade”.

E agora, encontramos aqui, em Apocalipse, o Anjo do Senhor Jesus Cristo revelando a João, o apóstolo, as coisas que hão de acontecer durante todo esse lapso de tempo da Igreja do Senhor Jesus Cristo; estão contidas aqui em símbolos todas estas coisas, para que fiquem aí como palavras proféticas: as palavras da profecia deste Livro.

E agora, com essa revelação profética dada a João, o apóstolo, vejam vocês, encontramos que a história da Igreja do Senhor Jesus Cristo, e tudo o que girará ao redor da Dispensação da Graça, e em seguida passará à Dispensação do Reino, tudo está contido em palavras proféticas do Apocalipse.

 

LIVRO DOS SELOS

O Primeiro Selo – Pág. 117

Rev. William M. Branham

79. Agora, pense bem, João escreveu isto que temos, mas quando começou a escrever os outros sete trovões, disseram: “Não o escreva”. Agora, João tinha comissão de escrever tudo o que visse, mas quando trovejaram estes sete trovões de Apocalipse 10, então foi dito: “Não escreva nada disto”. Estes são mistérios que ainda não conhecemos; mas minha opinião é que serão revelados já muito em breve, e isto dará fé e graça à Noiva para ser raptada. Estudamos tudo o que sabemos; todas as dispensações, e vimos todas estas coisas; vimos os mistérios de Deus, e vimos a grande reunião da Noiva nos últimos dias; no entanto, há algo ali ainda ao qual não podemos chegar. Há algo ali. Mas imagino que quando esses mistérios comecem a se manifestar… Deus disse: “Detenhamos isto. Eu revelarei isto naquele dia. João, não escreva isto porque tropeçarão com isso; deixe-o passar; mas Eu o revelarei naquele dia quando tiverem necessidade de sabê-lo”.

Impresso em Porto Rico