Domingo, 15 de novembro de 2020

ESTUDO BÍBLICO #47 – DOMINGO, 15 DE NOVEMBRO DE 2020

TEMA: O TEMPO DE JUNTAR OS ESCOLHIDOS DE DEUS

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 8 de fevereiro de 1998

(Segunda atividade)

Cayey, Porto Rico

Escritura base: São Mateus 24:30-31

O ANJO DE JESUS E SUA MISSÃO NA TERRA

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 1 de janeiro de 1989

Cayey, Porto Rico

Nas sete eras da Igreja gentia houve Sete Trovões, porque um Trovão é a Voz de Deus falando; e nas sete eras da Igreja gentia houve Sete Trovões falando através de cada um dos mensageiros, anjos mensageiros das sete eras ou sete etapas da Igreja gentia.

E assim como em cada um dos mensageiros Deus trovejou, falou, na Era da Pedra Angular Deus fala em forma consecutiva; e esta forma de Deus falar em forma consecutiva na Era da Pedra Angular é nada menos que os Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10, revelando a revelação, a manifestação do Senhor Jesus Cristo em Sua Segunda Vinda, com Seus Anjos, na Era da Pedra Angular. E somente estando na Era da Pedra Angular pode se ver e pode se compreender a Segunda Vinda do Senhor, do Filho do Homem com Seus Anjos, e pode se escutar e entender a Grande Voz de Trombeta ou Trombeta Final, ou Trombeta do Ano do Jubileu, ou os Sete Trovões de Apocalipse.

Essa é a missão do Anjo do Senhor Jesus Cristo: falar a Mensagem que corresponde para nosso tempo.

Os Sete Trovões emitem suas vozes na Segunda Vinda do Senhor através do Seu Anjo Mensageiro para todos os escolhidos. É o Senhor Jesus Cristo através do Seu Anjo Mensageiro falando ao Seu povo e revelando o mistério pelo qual houve silencio no Céu por meia hora: revelando o Sétimo Selo, a Segunda Vinda do Senhor com Seus Anjos chamando os escolhidos com Grande Voz de Trombeta.

Aí podemos ver a Vinda do Senhor com Seus Anjos e a missão do Senhor com Seus Anjos através do Seu Anjo Mensageiro: Vem para bênção de todos os escolhidos; vem para chamar e juntar todos os escolhidos, e dar a fé para serem transformados e ser raptados.

A fé para a transformação e o rapto é dada a cada um dos escolhidos por meio dos Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10, que emitem suas vozes aqui na Terra através do Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo; sua Mensagem é a Mensagem dos Sete Trovões de Apocalipse. Esse é seu ministério, essa é sua missão aqui na Terra, para o Senhor Jesus Cristo produzir a ressurreição dos mortos e a transformação dos vivos.

Por essa causa, Apocalipse, capítulo 19 e versículo 11 ao 16: um Cavaleiro cavalgando sobre um cavalo branco como a neve, e tem por nome O VERBO DE DEUS; e tem escrito em Sua coxa e em Sua vestimenta um nome, o qual 1[é REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES. E da Sua boca sai uma espada afiada de dois fios para ferir com ela as nações].

[Essa Espada afiada é a Palavra], a Mensagem dos Sete Trovões apocalípticos, a Mensagem da Grande Voz de Trombeta, que sai da boca do Senhor Jesus Cristo; e a boca do Senhor sempre foram Seus profetas.

Da boca do Senhor, da boca do Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo, estará saindo a Palavra, a Mensagem da Grande Voz de Trombeta, a Espada de dois fios; a Espada que neste tempo final realizará a Obra prometida para bênção dos escolhidos, e para ferir o reino dos gentios para dar lugar ao Reino Milenial do Senhor Jesus Cristo; essa Espada de dois fios, essa Terceira Etapa, a qual é para a Noiva, os escolhidos, para os filhos de Deus na Era da Pedra Angular; e também é para a Igreja, as virgens fátuas, a Igreja que não pôde ver a Segunda Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos na Era da Pedra Angular. Mas essa Espada de dois fios terá um trabalho para realizar com a Igreja (ou seja: as virgens fátuas), e também terá um trabalho para realizar com os perdidos. É para a Noiva, para a Igreja e para os perdidos; para os perdidos, os quais já não têm oportunidade.

A Noiva verá essa Espada que sai da boca do Senhor, da boca do Seu Anjo Mensageiro, no cumprimento da Segunda Vinda do Senhor, do Filho do Homem com Seus Anjos, cavalgando sobre um cavalo branco como a neve, cavalgando sobre a Mensagem da Palavra pura: a Mensagem da Grande Voz de Trombeta, a Mensagem da Trombeta Final, a Mensagem dos sete trovões de Apocalipse.

Por isso foi prometido pelo sétimo mensageiro, Elias em sua quarta manifestação: “Quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá cavalgando sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem”.

A Palavra de Deus encarnada em Seu Anjo Mensageiro e com a Espada afiada saindo da Sua boca, será a Segunda Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos; será o Senhor Jesus Cristo cavalgando sobre um cavalo branco como a neve, e da Sua boca saindo uma Espada afiada de dois fios, e Seus olhos como chama de fogo; e Seu Nome é O VERBO DE DEUS, a Palavra encarnada. E em Sua vestimenta e em Sua coxa este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES; porque Ele vem em Sua Segunda Vinda como o Leão da tribo de Judá, como o Rei dos reis e Senhor dos senhores, com o Livrinho que abriu no Céu, aberto em Sua mão e dado a Seu Anjo Mensageiro para profetizar outra vez sobre muitos povos, nações e línguas.

É o Senhor Jesus Cristo manifestado, revelado, revelando-se por meio do Seu Anjo Mensageiro ao Seu povo, aos Seus escolhidos; e em seguida à Igreja, às fátuas; e em seguida aos perdidos; na Terceira Etapa, na etapa da Palavra saindo da Sua boca: saindo do Seu Anjo Mensageiro.

 

LIVRO DOS SELOS

O Sexto Selo – Pág. 358

Rev. William M. Branham

140. Notem que com o tempo Jacó começou a sentir o desejo de regressar à sua terra. Assim é também com Israel. Jacó significa Israel, porque seu nome foi mudado. Ele saiu e obteve todo o dinheiro possível por meio do roubo, a mentira e de outras maneiras, porque não lhe importava de onde vinha, nem de quem era. Mas em seguida começou a regressar à sua terra porque tinha esse desejo, e no caminho se encontrou com Deus, e seu nome foi mudado. Mas nesse tempo ele estava muito preocupado porque temia Esaú, quem o estava perseguindo. E notem no dinheiro, igual como será neste dia quando os judeus fizerem pacto financeiro com Roma.

141. Agora, Esaú não tinha necessidade do dinheiro de Jacó, como também não o necessita Roma, porque Roma tem as riquezas do mundo em suas mãos. Mas achamos que naquela ocasião quando ainda era Jacó, encontrou-se com Deus, e estava passando por esse tempo de tribulação, então Jacó lançou mão de algo que era real. Houve um Anjo que desceu do Céu, e Jacó manteve seus braços ao redor do Anjo, e ali se manteve. Este Anjo lhe disse: “Tenho que ir, já está amanhecendo”. Irmão: O Dia está por aparecer, está por chegar!

142. Mas Jacó disse: “Não te deixarei ir se não me abençoares! Não podes partir; eu vou ficar contigo. Eu quero que venha uma mudança em minha situação.” Esses são os 144.000, os ganhadores de dinheiro que foram tão desonestos com as finanças; mas quando eles por fim virem a coisa verdadeira e a possibilidade de se agarrar dele, ali estarão Moisés e Elias. Amém! Eles também lutarão com Deus até que os 144.000 das doze tribos do Israel sejam chamados e tirados fora.

143. Isso acontece justamente antes de começar a tribulação. Quão formoso! Estes dois profetas pregarão como João Batista, e lhes dirão: “O Reino dos Céus está à mão. Israel ARREPENDA-SE!” Arrependa-se do que? “Arrependa-se dos seus pecados e da sua incredulidade, e regressem a Deus”.

 

LIVRO DE CITAÇÕES – Pág. 141

Semente de discrepância

Phoenix, Ariz., 18-1-65

Rev. William M. Branham

1260 – “Notem, no versículo 41 [Mateus 13] os dois também muito perto, tão perto nos últimos dias até que Ele não fez… Ele não podia depender de alguma certa igreja para separá-los, digamos, a metodista ou a batista ou os pentecostais, para separá-los. Ele disse: ‘Ele enviará Seus anjos para separá-los’. Um anjo vem para trazer a separação, a segregação entre o certo e o errado. E ninguém pode fazer isso a não ser o Anjo do Senhor. Ele é o Único que vai dizer qual é certo e qual é errado. Deus disse que Ele enviará Seus anjos no último tempo. Não anjos abaixo por aqui, mas anjos no último tempo, e os juntaria. Sabemos que este é o tempo vindouro da colheita agora. Agora, um anjo é na realidade interpretado um ‘mensageiro’. E vemos que há sete anjos das sete Igrejas, e agora… não, através das eras da igreja”.

 

LIVRO DOS SELOS

O Primeiro Selo – Pág. 146

Rev. William M. Branham

[192]. E ao mesmo tempo em que o diabo cai do Céu e se encarna em um homem, o Espírito Santo sobe e vem encarnado em um homem. Oh, irmão, que tempo tão maravilhoso!

 

A OBRA DO SÉTIMO SELO EM TODAS AS DIMENSÕES

Parte II – Pág. 19-20

Tempo de redenção

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 4 de novembro de 1977

Serviço de Carpa

Cayey, Porto Rico

Veja, aqui o diz, página 45 do livro Citações, parágrafo 384 diz: “E Jesus vem do céu com Seus milhares de Santos (Do que está falando ali? Da Ressurreição), e a Bíblia diz que os céus foram esvaziados pelo espaço de meia hora”.

Bom, aí encontramos coisas que já estão por acontecer, vemos que todo isso tem que se cumprir conforme a promessa; e a promessa é verdadeira, a promessa é real. Todo isso está chegando ao tempo do seu cumprimento, e será dessa maneira.

Muitas pessoas pensam que Deus vai enviar anjos literais com pás e picaretas para irem às sepulturas e abrir os túmulos, e tirar os Santos que partiram; mas a coisa é mais simples que essa. Os Santos vêm com o Senhor. E o Senhor vem conforme a Sua promessa. Portanto, então, página 61 do livro “Pergunta e Respostas Nº 3”, pregado em 30 de agosto de 64, diz:

“E então enviará Seus anjos e juntará os escolhidos dos quatro ventos, do cabo da terra até o cabo do céu’. Isso fala da ressurreição, a translação, subindo. Ele enviará seus anjos para juntar. Alguma vez pensaram o que são os anjos? Mensageiros! Ele os juntará, os congregará, veem? Trazendo-os, atando-os, do extremo da terra ao extremo do céu. A Palavra que foi e tem sido manifestada na terra (E qual é a Palavra que foi e tem sido manifestada na Terra? A Segunda Vinda do Senhor, o Sétimo Selo)… Veem? Captam-no? A Palavra foi Palavra, aqui está ela manifestada. Vê? Muito bem”.

Agora, você já pode ver que todas as coisas que têm que acontecer na ressurreição, serão coisas que de antemão o grupo dos escolhidos as têm que saber, assim como o grupo dos escolhidos do tempo do Senhor em Sua Primeira Vinda, soube as coisas que teriam que acontecer, mesmo que não as entendessem, mas as sabiam; mas quando se cumpriram; então o Senhor lhes abriu o entendimento, e entenderam as coisas das quais o Senhor tinha estado falando antes de morrer; então entenderam corretamente todas aquelas coisas.

Bom, seguramente haverá coisas que serão faladas e haverá coisas que as entenderemos, mas também haverá coisas que de momento não as entenderemos; mas quando se cumprirem plenamente, então as entenderemos. Assim que o que não entendamos agora, vamos entender mais tardezinho. O que não entendemos agora, entenderemos quando virmos os Santos ressuscitados vindo com o Senhor em glória. Então, o que não nos possa ser explicado agora em uma maneira mais detalhada, nos será explicado depois, de uma maneira mais detalhada.

Recorde que depois que o Senhor ressuscitou e foi à sexta dimensão, e trouxe os que estavam no Paraíso, então apareceu e esteve com Seus discípulos, e lhes abriu o entendimento para que entendessem todas aquelas coisas das quais Ele tinha falado primeiro, e para que entendessem todas as coisas que os profetas tinham falado.

Impresso em Porto Rico

1 [O texto entre colchetes faz parte do texto escrito e editado originalmente, que não pode ser verificado por que corresponde ao corte na fita de áudio – Editor]